10 dicas de segurança para quando você estiver no trânsito

Fique atento!

Fique atento!

Ei, você não pode entrar no carro antes de ler isso aqui. Entenda o porquê.

Dirigir requer muita atenção e até os motoristas mais experientes não conseguem relaxar 100% quando estão na direção. Semáforos, quebra-molas, pedestres, ciclistas, ambulantes, desvios, buracos e, óbvio, os outros carros atrás, na frente, dos lados… Ufa! São tantas coisas que parece até impossível se manter atento a tudo. E como se não bastasse, ainda tem outro detalhe importante: apesar de muitos, esses são só alguns dos pontos que merecem a sua preocupação.

Infelizmente, a violência nos meios urbanos vem aumentando assustadoramente. É a este fator que tanto os pedestres e usuários de transportes públicos quanto os motoristas devem estar atentos. Estar dentro de um carro pode até passar uma sensação maior de segurança, porém, engana-se quem acredita que está livre de sofrer delitos. Mas, calma! Nós não temos como resolver todo esse problema agora, só que você pode tomar algumas medidas simples para se precaver de situações de risco ou mesmo evitá-las.

Abaixo, listamos algumas atitudes que devem ser incorporadas à sua rotina para trazer mais segurança enquanto você estiver dirigindo.

1. Ande sempre com vidros fechados e portas travadas

Ao fazer isso, você dificulta a retirada de objetos de dentro do carro (muitas vezes feita sem que o próprio condutor perceba) e também a abordagem completa de bandidos. Utilize o sistema de ventilação interno para poder colocar essa medida em prática com maior conforto.

2. Evite ser atrativo para o criminoso

Não use relógios, pulseiras, colares e outros acessórios chamativos, pelo menos enquanto estiver dirigindo. A discrição é uma grande aliada para não despertar o interesse de um assaltante sobre você. Não deixe celulares à mostra. Outros objetos de valor (bolsas, notebooks e equipamentos eletrônicos) devem ser guardados em lugares afastados do campo de visão de quem estiver do lado de fora do veículo. Por isso, transportá-los no porta-malas é o ideal.

3. Fique de olho em situações que obriguem você a parar

No caso de outros motoristas que “por acaso” precisem de ajuda em locais isolados, em razão de acidentes, batidas na lataria do carro, objetos colocados na pista ou até por desconfiança de falhas mecânicas, busque auxílio diretamente em postos policiais, postos de combustível ou onde haja circulação de pessoas (se for à noite, em lugares bem iluminados). Algumas dessas situações podem ser provocadas por criminosos que esperam você parar e sair do veículo para atacar.

4. Cuidado ao aplicar adesivos na lataria

Alguns materiais visuais que são aplicados na lataria podem indicar o seu padrão social, o que atrai o olhar dos bandidos para assaltos. Alguns exemplos são os adesivos de escolas ou faculdades, cursos de formação, clubes, restaurantes e academias. Isso também vale para sinalizações penduradas no retrovisor interno.

5. Mantenha uma distância segura do veículo da frente

É importante manter um espaço razoável do carro que está à sua frente, principalmente durante as paradas nos semáforos, para que você tenha a possibilidade de desviar e seguir adiante, caso ocorra aproximação suspeita de transeuntes.

6. Observe antes de estacionar

Quando for estacionar, olhe para todos os lados e confira se não há movimentação suspeita de pessoas por perto. Se tiver, dê mais uma volta. Caso continue, siga à procura de outra vaga em um lugar mais movimentado. É importante também, ao sair, verificar se parou em um local bem iluminado para não ter surpresas desagradáveis ao retornar.

7. Não se distraia

Smartphones, tablets, revistas, panfletos, som alto ou mesmo a conversa com outros passageiros podem tirar sua atenção por completo do que acontece externamente ao seu carro. Evite isso! Assaltantes gostam de aproveitar esses momentos para se aproximarem de surpresa.

8. Permaneça calmo durante situações de estresse

Percebeu que pode estar sendo seguido? Primeiramente, tente manter a naturalidade na direção. Depois, evite caminhos desertos ou ruas sem saída e siga para locais de grande movimentação, postos policiais, viaturas ou delegacias. A tranquilidade é essencial na hora de traçar as melhores rotas que colocarão você em segurança.

9. Atenção ao se dirigir ao carro e ao sair dele

A caminho do carro? Vá logo com a chave na mão para evitar procurá-la no bolso ou na bolsa enquanto estiver exposto na rua. O mesmo vale para quando estiver chegando em casa… Já separe o controle ou as chaves do portão para não dar bobeira. Se possível, peça sempre aquela ajudinha a alguém da família para acelerar esse processo de abertura e fechamento do portão.

10. Não fique parado dentro do carro estacionado

Está esperando por algo ou alguém? Saia do carro e mantenha-o fechado. Espere em qualquer outro lugar mais seguro e movimentado, como praças, portaria de prédio, estabelecimentos comerciais, etc. Só não fique dentro do veículo! Carro estacionado com pessoas dentro é prato cheio para a ação de bandidos.

Como você pode notar nas sugestões acima, atenção é o que faz toda a diferença na hora de evitar problemas dessa natureza. Motorista atento é repelente de bandidos! Investir em equipamentos de segurança também é outra opção que minimiza possíveis prejuízos. Rastreadores, localizadores e bloqueadores, por exemplo, são bastante eficazes na prevenção de furtos de veículos.

Ainda assim, se apesar de todos esses cuidados você acabar por ser vítima de um assalto, o mais importante é: não reaja. Mantenha-se calmo e lembre de avisar ao assaltante cada movimento que vai fazer, como “vou pegar a carteira”, “preciso tirar o cinto”, “vou abaixar para pegar o celular”, etc. Geralmente, o foco dos bandidos está nos pertences e, com certeza, a sua vida vale mais do que qualquer um deles.

Fique esperto! Analise cada situação e traga mais segurança para o seu dia a dia.